Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 1º e 2º colocados do Vestibular da FAMES dizem que classificação foi uma surpresa

1º e 2º colocados do Vestibular da FAMES dizem que classificação foi uma surpresa

Maria Luiza Sarzi da Silva e Rudolfh Batista Arend receberam Meritocracia

A Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES) recebeu, no início da tarde de quinta-feira, 1º de dezembro, os dois primeiros colocados do Vestibular de Verão 2017, beneficiados com o prêmio Meritocracia. Maria Luiza Sarzi da Silva, foi aprovada em 1º lugar e irá cursar Direito com 60% de desconto na mensalidade. Já Rudolfh Batista Arend, escolheu Educação Física e, com desempenho de 2º colocado geral, terá bolsa de 40%. O benefício é válido durante toda a graduação.

MERITOCRACIA

Os destaques da primeira fase do Vestibular de Verão da FAMES também foram agraciados com xícaras personalizadas com a frase "Estudar na FAMES é muito bom". 

O prêmio Meritocracia foi instituído nesta edição do processo seletivo da FAMES, com o objetivo de valorizar a preparação dos vestibulandos e aumentar o nível dos acadêmicos que ingressam na Instituição. Desta forma, foi oferecido desconto de 60% para o primeiro colocado geral e 40%, para o segundo. Os vencedores, Maria Luiza e Rudolfh, já estão com a matrícula feita, aguardando o início das aulas, previsto para o dia 20 de fevereiro de 2017.  Ambos irão cursar no turno da manhã.

Aos 16 anos, Maria Luiza está concluindo o Ensino Médio na Escola Estadual Irmão José Otão. Ela conta que fez cursinho pré-vestibular em 2015 e em 2016 e a preparação ainda somou os estudos na escola e revisões em casa. Maria Luiza chegou a prestar vestibular em outras três instituições, mas escolheu a FAMES pelo prêmio que conquistou e também pelas referências da faculdade. “Tenho uma prima que está se formando em Direito e, acompanhando a rotina dela, percebi o alto nível da FAMES”, complementa.

MERITOCRACIA

Dois anos de preparação em cursinhos, mais o estudo na escola e em casa, renderam à Maria Luiza o prêmio da Meritocracia. 

Quando se inscreveu para o Vestibular, Maria Luiza não sabia da existência do prêmio Meritocracia. “Depois que eu fiquei sabendo, fiquei ainda mais motivada”, acrescenta. Sobre a classificação, em 1º lugar, garante que foi uma surpresa, apesar do tempo dedicado à preparação. Para 2017, aponta que as expectativas são boas. “Espero ter uma jornada agradável aqui e servir de referência para que os meus familiares também venham estudar na FAMES”, conclui.

MERITOCRACIA

Rudolfh apostou na redação para se destacar no processo seletivo. 

Ex-aluno do Colégio Metodista Centenário, Rudolfh tem 18 anos e atualmente é atleta profissional no Inter de Santa Maria. Ele concluiu o Ensino Médio em 2015, no Instituto Estadual de Educação Olavo Bilac e, depois de um ano longe da escola, investiu em um cursinho intensivo de três meses. “Foquei meus estudos na redação”, relata. Rudolfh afirma que prestou vestibular na FAMES porque recebeu boas referências de amigos que estudam na Instituição. “Sempre quis fazer Educação Física”, enfatiza. Ele também não sabia do prêmio quando fez a inscrição e não esperava vencer. “Foi um bônus”, declara.

           

Assessoria de Imprensa