Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Documentário “Mulheres Donas de Si e as Faces do Envelhecimento” é apresentado na FAMES

Documentário “Mulheres Donas de Si e as Faces do Envelhecimento” é apresentado na FAMES

Evento esteve inserido nas comemorações dos 20 anos da Escola para Adultos

O sábado (27) rendeu reflexões sobre a velhice digna e a qualidade de vida dos idosos. No Auditório Alice Denison, a Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES) recebeu um evento cultural e solidário. A promoção é do Blog Mulheres Donas de Si em parceria com a Escola para Adultos da FAMES, CAIC Luizinho de Grandi e Lar das Vovozinhas. Na programação, teve exibição de documentário, canto de corais e emoção. As atividades iniciaram às 15h.

Faces do Envelhecimento

Coordenadora de Extensão da FAMES, Tatiana Trevisan, agradeceu a oportunidade de realizar o evento na FAMES, dentro das comemorações dos 20 anos da Escola para Adultos.

Em um primeiro momento, Marlene Sager, uma das coordenadoras do Mulheres Donas de Si, apresentou o blog, que está completando um ano de existência e diversos trabalhos desenvolvidos em Santa Maria. Logo após, subiu ao palco o grupo do coral EnCanto, da Escola para Adultos da FAMES, para a interpretação de quatro músicas – O Som da Pessoa (Gilberto Gil), Prenda Minha (Paixão Cortes), A Amizade (Regina Mota) e A Vida do Viajante (Luiz Gonzaga).

Faces do Envelhecimento

Coral EnCanto, da Escola para Adultos da FAMES, encantou o público, sob orientação da regente Neida Reis. 

Na sequência do evento, foi exibido o documentário “Mulheres Donas de Si e as Faces do Envelhecimento”, produzido pelo blog em parceria com a TV OVO e com o apoio de empresas e entidades de Santa Maria. Conforme a diretora do longa-metragem, Cláudia Nunes, esta é a segunda filmagem idealizada pelo grupo de mulheres. A anterior tratou sobre a superação do câncer de mama. O público acompanhou atento a obra, que trouxe falas de profissionais que atuam com idosos e pesquisadores da gerontologia. Depoimentos de idosos e seus familiares emocionaram com relatos sobre amor e abandono.

Faces do Envelhecimento

Cláudia reforçou a importância de falar sobre esse tema e mostrar a realidade da maioria da população idosa. 

Entre as “faces do envelhecimento” mostradas no filme, estiveram o real conceito de velhice, as condições necessárias para a vida digna dos idosos e a importância dos grupos de terceira idade para a convivência e socialização deste público.  Para Cláudia, produzir o documentário é uma forma de, através da sétima arte, provocar uma sensibilização. “Tudo o que fazemos é com amor, em prol do outro e, desta vez, exploramos a questão da velhice”, acrescenta.

Faces do Envelhecimento

Público acompanhou atento à exibição, que provocou reflexões sobre o cuidado e atenção para com os idosos. 

O documentário teve suas principais locações no Lar das Vovozinhas, que abriga idosos a partir dos 65 anos. Atualmente, são cerca de 200 pessoas assistidas pela entidade. A casa funciona 24 horas e conta com uma equipe de aproximadamente 90 profissionais. A contribuição da comunidade com doações é fundamental para a manutenção do local. Os participantes do evento contribuíram com materiais de higiene e limpeza, repassados ao Lar.

Faces do Envelhecimento

Coral Vida e Saúde apostou em clássicos da música tradicionalista e fechou o evento com chave de ouro.  

Finalizando a programação, o coral Vida e Saúde, do CAIC Luizinho de Grandi, fez sua apresentação. Foram três canções interpretadas pelo grupo: Batendo Água (Luiz Marenco), O Vento (Os Monarcas) e Amigos para Sempre (Sarah Brightman e Josep Carreras). Esta última, somou ao coro as vozes do público, que levantou e chegou mais perto do palco. O momento de integração foi único e, mais uma vez, emocionou os presentes.

 

Assessoria de Imprensa