Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Mobilizações marcam o Outubro Rosa na FAMES

Mobilizações marcam o Outubro Rosa na FAMES

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a cada ano são registrados 576 mil novos casos de câncer e destes, mais de 57 mil afetam as mamas. No entanto, se diagnosticado no início, as chances de cura chegam a 95%. Desde forma, a campanha Outubro Rosa objetiva a prevenção e a conscientização sobre a importância dos exames, que podem ser feitos em casa, como o autoexame, ou em laboratórios, no caso da mamografia.

A Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES) adere a campanha com o intuito de reforçar o chamamento para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Entre as ações do Outubro Rosa, houve uma palestra com a psicóloga Maria Luiza Schreinder, da Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (AAPECAN) de Santa Maria. Ela participou das atividades da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat), no dia 6 de outubro. Na oportunidade, falou sobre a importância da realização do autoexame e explicou as formas de tratamento da doença. A psicóloga ainda frisou a necessidade de apoio dos familiares em todo o processo de recuperação do paciente.

sipat

Colaboradores do IMC receberam laço rosa para divulgar a campanha. 

Para alertar os alunos e a comunidade em geral, a fachada da FAMES está iluminada com a cor rosa. A ação chama a atenção de todos que passam à noite pela Rua Dr. Turi e também pela Rua do Acampamento. Além disso, os colaboradores e professoras da Instituição estão usando laços rosa, mais uma manifestação visual de apoio à campanha.

fachada fames outubro rosa

Fachada da FAMES, na Rua Dr. Turi, também faz referência ao Outubro Rosa.

Aluna encontrou na Escola para Adultos o apoio para a luta contra o câncer

Sônia Berenice da Silva Tolfo tem 70 anos e há cinco descobriu um tumor maligno em uma das mamas. Aluna da Escola para Adultos da FAMES desde a fundação do projeto, ela garante que o apoio do grupo foi fundamental na luta contra a doença. “Estávamos com viagem marcada e eu tive que cancelar. Elas foram e até fizeram brindes em minha homenagem. Sentir isso é muito bom”, relata.

EA OUTUBRO ROSA

Sônia (bem à esquerda) é considerada uma líder na Escola para Adultos.

O câncer de mama de Sônia foi descoberto no início, através de um exame de mamografia. Por ter histórico da doença na família, ela não se surpreendeu. “Ninguém quer ter um câncer. Eu encarei quimioterapia, radioterapia, tomo medicação até hoje”, conta. Para ela, além do diagnóstico precoce, o apoio das pessoas contribuiu para a sua recuperação. “Eu continuei levando a minha vida normalmente, fazendo as coisas que eu sempre fazia, isso ajudou no meu tratamento”, acrescenta.

EA OUTUBRO ROSA

As duas turmas da Escola para Adultos estão engajadas na campanha. 

No mês de novembro, Sônia tem uma nova consulta, depois de cinco anos do diagnóstico da doença. “Minha expectativa é de cura”, comemora. Desde o episódio ocorrido com ela, as turmas da Escola para Adultos da FAMES estão engajadas na prevenção do câncer de mama. Uma vez por semana, durante o mês de outubro, o grupo combina de vir vestindo alguma peça rosa, em apoio à campanha.

           

Assessoria de Imprensa